Mostrar mensagens com a etiqueta jumbo. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta jumbo. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 20 de junho de 2017

21 brinquedos para cada fase da criança

Brincar é das coisas mais importantes da primeira idade - e das que se seguem. Cada vez mais os pais e os profissionais de saúde estão atentos à relevância de, mais ainda do que lhes dar brinquedos adequados à idade, estimulá-los, dando-lhes oportunidade de crescerem saudáveis e felizes. Estar com eles, dar-lhes tempo para brincarem connosco e sozinhos, é fundamental. Mas como escolher os melhores brinquedos para as respectivas fases?

Falo-vos da minha experiência com duas crianças de 1 e 3 anos, numa casa em que tentamos que não haja excessos: abusamos em livros, mas brinquedos achamos melhor apostar em dois ou três bons e didácticos para cada fase do que exagerar, amontoar e acabarem por ficar todos a um canto.

1 mês

Não vejo necessidade de lhes dar brinquedos. Colo, mimo, canções de embalar são mais do que suficientes.

2 - 3 meses
Já começam a ter algum interesse por alguns brinquedos, como rocas, bolas ou guizos, gostam de ter algo para agarrar no banho, por exemplo, gostam de mobiles (na Luísa não usei), mas o melhor brinquedo continua a ser os pais - preferem caretas, vozes diferentes, sorrisos, músicas, embalo ou danças, beijinhos ou cócegas no corpo.


4 - 7 meses

Nesta fase já brincam com as mãos e os pés, já começam a querer rebolar para buscar brinquedos, já vêem as cores e têm noção da bidimensionalidade, já passam objectos de uma mão para a outra, já têm maior motricidade fina e começam a querer sentar-se.
É também quando habitualmente começam a nascer os primeiros dentinhos e quando começam a descobrir o mundo através da boca. Brinquedos de plástico, mordedores, bolas e brinquedos que se empilhem ou encaixem começam a ser interessantes, assim como livros apropriados para a idade. A hora do banho pode ser das mais divertidas, por isso uns patinhos de borracha (cuidado para não ficarem com água e ganharem muita sujidade) vêm sempre a calhar.





8 - 12 meses
Além de continuarem a gostar de brincar com tudo o que foi anteriormente mencionado, começam a ganhar maior destreza motora, a gatinhar, a querer ir atrás mas também a perceber como funciona o encaixe (adoro ver a Luísa toda feliz a "arrumar as coisinhas" dentro das caixas em vez de ser só mandar tudo ao ar, como era até então eheh). Brinquedos de empilhar ganham agora outro significado, assim como todos os que tenham sons e luzes (confesso que sou um bocadinho alérgica a esses, por me cansarem de sobremaneira e alguns têm volume tão alto, credo!), mas eles costumam gostar mais ainda se imitarem objectos que já conheçam: telemóveis, telefones, tablets (se forem os dos pais, ainda melhor hehe). A prenda de aniversário da Luísa escolhida e oferecida pela Isabel foi um tablet com sons, formas, bonecos e cores (e música, muita música!).








1-2 anos


Noto que a Luísa (1 ano acabado de fazer) começa agora a achar piada a livros, apesar de sempre os ter tido à disposição. Ao longo deste ano muita coisa muda, claro: começam a andar e a gostar de puxar bonecos à frente e atrás, carrinhos de bebé, começam a querer pintar (há aquelas digitintas muito giras), brincam com bonecos, peluches, carrinhos, começam a reproduzir o que vêem e as dinâmicas familiares, gostam de plasticina caseira (da outra acho que só me arrisco mais próximo dos dois anos para não ir parar à boca), o leque de brincadeiras aumenta que é uma loucura. É quando brincam com Lego (adoro!), quando começam a achar muita piada às bolinhas de sabão e a tentar soprar e estar dentro de uma piscina de bolas então é como ir à Eurodisney.




2 - 3 anos

Bem-vindos ao hospital, a casa, à escola, às compras. Nesta idade, eles já fazem as vozes das diferentes personagens, já constroem histórias e realidades e é uma delícia vê-los brincar com tanto simbolismo (e brincar com eles). Carros dos bombeiros, máquinas registadoras, carrinhos de bebé, vale tudo. Esta é também uma boa idade (não que as anteriores não sejam já) para lhes dar uns instrumentos musicais (cá em casa há um órgão do Frozen) e para apostar em puzzles mais elaborados, assim como experimentar o triciclo, a bicicleta...
Livros, contos e jogos didácticos são também boas opções, mas sabem o que também é bom? Dar-lhes objectos simples do quotidiano e deixá-los imaginar e inventar histórias e acções. Menos é, muitas vezes, mais.




Espero que tenham gostado :)


Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 

domingo, 11 de junho de 2017

Lista de Material necessário para o Verão.

Fomos recentemente de férias juntas (a Joana Paixão Brás, o respectivo, as filhas, a Joana do The Love Project - fotografia - os três filhos e o respectivo) ao Aquashow em Quarteira. Estando eu nunca situação bem mais fácil - só uma filha (apesar de sem respectivo), pude reparar que a Irene ia  bem mais artilhada que os outros miúdos. 

Fiquei contente por isso, porque evitou algumas situações menos agradáveis. 

O que levei: 

- Bóias de esferovite

... ou lá o que é que comprei o ano passado porque as de plástico de insuflar deixavam-na com as axilas assadas e com sangue pisado. Têm o inconveniente de não serem práticas de transportar, mas antes isso, certo? Ajudou a que não estivesse constantemente preocupada com o facto dela estar na piscina sem mim (até me lembrar que ela tem convulsões febris, depois desrelaxei-me...)


- Óculos de piscina 
Por acaso a iniciativa nem foi minha, foi dela. Houve um dia em que a fui buscar ao colégio e ela quis ir comprar uns óculos da Skye e fomos. Tive a sorte de não me esquecer deles porque foi a primeira coisa pela qual perguntou assim que chegamos à piscina.  Ajudou a que ela não ficasse com os olhos todos vermelhões e ter mais um motivo para andar birrenta ao final do dia, fez diferença. Mergulhava também mais confiante. 


- 3 fatos de banho 
Porque sou blogger, senão levaria só dois. Ahah. É importante para não condicionarmos a nossa vida a um fato de banho por secar ou ela ter que vestir um fato de banho frio - eu odiava isso. Isto toda a gente levou, não me posso armar em ratolas. 

Da esquerda para a direita: Boboli, Jumbo e Principessa Made With Love (links no final). 


- Chinelos 

Está louca com os chinelos que compramos. Não sei se deveria dizer isto, mas deixei-a ir para a piscina com eles e tudo (eram novos). Agora só toma banho na banheira com eles e anda tristíssima por eu dizer que não se pode andar com eles na escola. Não me esqueci porque houve uma vez que fomos juntas de férias para Évora e, por não ter levado os chinelos (porque a Joana roubou os da Irene - SIM, ROUBOU), foi uma complicação para calçar sapatos com os pés molhados, etc. 





Há algo que me esteja a escapar? Mais um bocadinho e a miúda parece o Robocop - só que com menos peitorais e mais QI que o actor, ihih.







 
Coisinhas giras: 

Fatos de banho Irene - Boboli, Jumbo e Principessa Made With Love 

Fotografias - The Love Project 

Óculos, Bóias - Decathlon

Chinelos - Havainas - Ericeira Surf Shop

✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩

Sigam-nos no instagram 
aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 

terça-feira, 4 de abril de 2017

Há um DIU para festas de aniversário? Não sei se quero mais.

A Irene e eu gostamos muito de ir às compras, apesar de não irmos muitas vezes. Não vamos porque quando chega a altura de escolher como vamos usar o nosso tempo, preferimos fazer outras coisas, já que podemos despachar tudo online e as compras chegarem sem atrapalhar os nossos planos para o dia. Aliás, já vos mostrei como é o nosso sistema aqui com a história das Bananas. 

Continuamos a preferir o Jumbo, por vários motivos e as nossas compras fisicamente ou online continuam tal como viram no vídeo (ou deviam ter visto), aí em cima. 

De repente, quando tive a ideia para fazer a festa das miúdas em conjunto, pensei que teríamos de encomendar mais coisas para a Joana Paixão Brás e a Ana da Chan Events Planner se divertirem e para as pessoas terem que comer (senão não iria parecer uma festa, mas uma reunião de condomínio com muitas crianças). Não me imaginei a levar sacadas para a festa, mas também não queria não saber a hora certa a que chegariam e lembrei-me de ver no parque de estacionamento do centro comercial um sinal qualquer que dizia que se podia recolher ali as compras. 

Assim foi, a Joana Paixão Brás fez as compras pela net (a fingir que não trocou o azeite em spray por tabasco em spray) e encontramo-nos no centro comercial no dia seguinte. Abri a bagageira do carro, duas senhoras muito queridas já tinham procurado tudo por nós, tudo ensacado e vinham com a máquina para pagamento.

Nunca tinha reparado nas minhas várias idas ao Jumbo que tinham uma linha BIO: sumos e iogurtes na Mesa Montessoriana feita pela Joana. 

Não parece mas eram muitos sacos (também foram muitos sacos depois para levar para casinha, eheheh)
Normal que a Joana do Love Project não tenha querido fotografar os petiscos todos, até porque andou sempre com um ou dois a serem mastigados hehehehehehe.

Estava ou não linda? 
Foram várias dezenas de sacos (até gelo que até se aguentou bastante bem na A5) despachadas em menos de 5 minutos e tudo pago num instante. Até aqui eu ainda não sabia a quantidade de trabalho que organizar uma festa de aniversário dá. Estava muito loooonge de saber. 

Ao contrário do que pensava, as compras foram a parte mais simples... Obrigada, Jumbo, senão acho que teria tido um esgotamento nervoso. 


Comecei a pensar nas vantagens deste tipo de serviço: 


  •  Fazer as compras online e levantar as compras no Jumbo mais perto do nosso local de férias para não perder tempo, 
  •  Piqueniques (como vos contei aqui) em que precisemos de comprar coisas para partilhar e assim apanhamos "a caminho", 
  • Festas em que tenhamos de levar coisas ou organizar para várias pessoas e podemos levar tudo organizadinho a caminho...

A verdade é esta: é um serviço que eu imaginaria só para gente fina mas que compensa para quem queira poupar tempo ou usá-lo de outras formas.

Há outra verdade: não sei se há um DIU para festas de aniversário, mas por mim punha um desses para não ter festas nos próximos 5 anos... 

Compras - Jumbo
Fotografia - The Love Project
Decoração aniversário - The Chan Events Planner.
...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.